Pacote-bomba enviado aos EUA viajou em dois aviões de passageiros

Pacote com impresso recheada de explosivos foi achada em um avião da Qatar Airways em Dubai

Efe

31 de outubro de 2010 | 15h01

WASHINGTON - Um dos pacotes-bomba dirigidos aos Estados Unidos interceptados na sexta-feira procedentes do Iêmen viajou em 2 aviões de passageiros, informou neste domingo, 31, um porta-voz da companhia aérea Qatar Airways ao canal CNN.

 

Trata-se do pacote que foi detectado em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A companhia Qatar Airways tem voos de passageiros diários do Iêmen e também costuma embarcar pacotes de serviços de mensagem.

 

O porta-voz não especificou em quais voos o pacote com explosivos foi transportado, nem quantos passageiros viajaram com a bomba, escondida no cartucho de tinta de uma impressora.

 

Na sexta-feira as autoridades interceptaram dois pacotes com explosivos procedentes do Iêmen em aviões de carga no Reino Unido e em Dubai, com destino a duas sinagogas de Chicago.

 

Os pacotes foram localizados em aviões de carga antes de chegar aos Estados Unidos. O primeiro em um avião da empresa UPS no aeroporto de East Midlands, no Reino Unido, e o segundo em um contêiner da companhia FedEx, em Dubai.

 

Como medida preventiva, a Agência de Segurança no Transporte dos EUA (TSA, na sigla em inglês) investiga todos os pacotes procedentes do Iêmen e as companhias UPS, FedEx e DHL deixaram de operar temporariamente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.