Pacto entre democratas e republicanos busca evitar crise

Uma das medidas econômicas seria a taxação dos que são beneficiados com ajuda do governo

Associated Press

24 de janeiro de 2008 | 05h15

Líderes democratas e republicanos estão próximos de fechar um acordo com a Casa Branca sobre cortes de taxas para evitar uma crise maior na economia.   Em um encontro na quarta-feira, 23, a porta-voz da Casa Branca, Nancy Pelosi, fez concessões para reduzir os aumentos de ajuda com alimentos e benefícios de desemprego em troca de redução nas taxas de pelo menos 300 dólares para as pessoas que tem acesso ao auxílio do governo, inclusive os assegurados em lei, que quase não são taxados.   Enquanto pagarem taxas, famílias que recebem um adicional de 300 dólares por criança poderão receber um desconto, disse um assessor de benefícios da Casa Branca.   Pelosi, uma democrata, e John Boehner, uma republicana, já concordaram em fazer um acordo sobre um pacote de isenções fiscais para as empresas, após estimativas preliminares mostraram que um acordo poderia superar os US $ 70 milhões (€ 48 milhões), muito mais do que tinha sido previsto, afirmaram um assistente e um lobista democrata.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.