Pai de Sarkozy confirma gravidez de Carla Bruni, diz jornal alemão

'Tenho certeza que será uma menina, e tão bonita como Carla', afirma Pal Sarkozy

estadão.com.br,

17 de maio de 2011 | 05h23

A ex-modelo Carla Bruni participa de programa na TV francesa TF1, na segunda-feira

 

BERLIM - O pai do presidente francês Nicolas Sarkozy, Pal, confirmou que a nora, a primeira-dama e ex-modelo Carla Bruni, está grávida, segundo o tabloide alemão Bild. A imprensa francesa vem especulando há algumas semanas a possível gravidez.

 

Veja também:

linkCarla Bruni não confirma gravidez

 

Segundo o jornal, Pal Sarkozy teria dito, com exclusividade, que o presidente e a esposa "não querem saber o sexo (do bebê) antecipadamente". O pai de Nicolas disse, contudo, ter certeza de que será uma menina, "e tão bonita como Carla". As declarações foram publicadas nesta terça-feira, 17, pelo Bild.

 

O periódico assegura que a mãe de Carla Bruni, Marisa Bruni Tedeschi, também teria confirmado a gravidez a amigos durante um jantar na Itália. Segundo a Reuters, convidados teriam dito que Marisa havia sugerido que um novo bebê estava a caminho, segundo o jornal italiano La Stampa.

 

Barriga

 

Rumores de que a ex-modelo estaria grávida circularam pela França desde que Carla Bruni cobriu a barriga com um xale durante entrevista a um jornal no começo de maio, e aumentaram depois que ela se esquivou de perguntas com as palavras "meus lábios estão selados para proteger alguma coisa..."

 

Na última segunda-feira, 16, a primeira-dama francesa, de 43 anos, vestiu uma camisa larga e uma jaqueta durante uma aparição na TV francesa TF1. Segundo a Reuters, quando o apresentador disse a ela enigmaticamente que não iria perguntar sobre sua vida pessoal, mas que gostaria de parabenizá-la, ela riu e o parabenizou de volta.

 

Vida pessoal

 

O gabinete de Sarkozy não comentou o assunto, afirmando se tratar da vida pessoal do presidente. A mídia francesa especulou que o volume maior na região abdominal indicavam que Carla Bruni, normalmente magra, poderia estar grávida de gêmeos.

 

Sarkozy, o líder mais impopular da França em décadas, enfrenta uma dura batalha pela reeleição no próximo ano. Analistas afirmam que ele poderia se beneficiar nas pesquisas de opinião com um nascimento presidencial.

 

Com Reuters e Efe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.