Parte do Pentágono é esvaziada devido a densa fumaça

Porta-voz da sede da Defesa dos EUA diz que incidente 'é provavelmente apenas algo relacionado à construção'

REUTERS

08 de fevereiro de 2008 | 14h08

O Pentágono foi parcialmente esvaziado, nesta sexta-feira, 8, por causa da fumaça espessa provocada perto de uma área de construção na sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, disseram autoridades. "É provavelmente apenas algo relacionado à construção", disse uma porta-voz do Pentágono. A polícia do Pentágono e bombeiros estavam no local para investigar, afirmou o Departamento de Defesa. O Pentágono é um dos maiores prédios de escritórios do mundo e é tão grande que todo o capitólio dos EUA caberia dentro de qualquer uma de suas cinco segmentos. Mais de 20 mil pessoas, militares e civis, trabalham no edifício. Uma reforma em fases foi iniciada há anos, concentrada no principal complexo, que conta com lojas, bancos e correio.

Mais conteúdo sobre:
EUAPENTAGONOFUMACA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.