Passageiro liberiano fará teste para Ebola em Nova Jersey-mídia

Um passageiro liberiano que voou para Nova Jersey na terça-feira foi levado para um hospital em meio a temores de que ele possa ter sido infectado pelo Ebola, relatou a imprensa.

REUTERS

22 de outubro de 2014 | 09h29

O homem, que havia vindo da Libéria para Bruxelas, e então pegado um voo de conexão para Newark, tinha febre, relatou a rede NBC de Nova York, citando autoridades anônimas.

O passageiro foi “identificado como relatando sintomas ou potencial exposição ao Ebola”, disse uma porta-voz do Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos à rede de televisão. O centro não disponibilizou comentários imediatamente.

Libéria, Serra Leoa e Guiné são o epicentro da pior epidemia de Ebola do mundo, que matou mais de 4.500 pessoas.

Três casos de Ebola foram confirmados nos EUA: o liberiano Thomas Eric Duncan, que morreu em 8 de outubro no Texas Health Presbyterian Hospital, em Dallas, e duas enfermeiras que o haviam tratado.

(Por Curtis Skinner em San Francisco)

Tudo o que sabemos sobre:
EUALIBERIAPASSAGEIROEBOLA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.