Pela 1.ª vez, republicanos elegem negro para dirigir partido

Vitória de Michael Steele acontece uma semana após posse de Obama como 1.º presidente negro dos EUA

Agências internacionais,

30 de janeiro de 2009 | 19h31

Uma semana depois da posse do democrata Barack Obama como primeiro presidente negro dos Estados Unidos, o Partido Republicano elegeu nesta sexta-feira, 30, pela primeira vez um negro para dirigir a legenda. Michael Steele foi escolhido presidente do Comitê Nacional Republicano, órgão que controla o agora partido da oposição. "É com grande humildade e sentido de serviço que aceito, aprecio e agradeço a todos a oportunidade de servir como o próximo presidente nacional", afirmou Steele, ex-vice-governador do Estado de Maryland.   Steele derrotou Katon Dawson, dirigente regional republicano na Carolina do Sul, por 91 votos contra 77, em uma votação final que contou com a participação de 168 membros, informa a rede CNN. Com os republicanos fora da Casa Branca e em minoria nas duas casas do Congresso pela primeira vez desde 1994, o novo presidente terá a difícil tarefa de reerguer o partido.   "Como um pequeno menino que cresceu nesta cidade, isso é surpreendente", acrescentou Steele, o candidato mais moderado entre os concorrentes e considerado "externo" por não ser membro do Comitê. Em seu breve discurso de aceitação do cargo, ele falou em tom conciliador. "Vamos dizer tanto a amigos quanto a inimigos: queremos que sejam parte de nós, que estejam com nós. E para quem quer nos obstruir, prepare-se para ser superado", declarou.   Steele, de 50 anos, é visto como um hábil orador, que seria capaz de levar a mensagem do partido aos eleitores negros, hispânicos e suburbanos, que rejeitaram os republicanos nos últimos anos. O novo dirigente da legenda argumentava que, sendo uma personalidade republicana em um Estado fortemente democrata, está habituado a falar a eleitores que não sejam apenas os do Sul do país, tradicional reduto do partido.   Mike Duncan, o atual presidente republicano, foi escolhido em 2007 pelo então presidente dos EUA, George W. Bush, e pretendia permanecer no posto - só desistiu quando ficou claro que não teria apoio das bases para isso. Ex-seminarista católico e ex-advogado empresarial, Steele promete correr atrás dos democratas também na questão digital, já que a campanha de Obama demonstrou a grande capacidade do partido rival em angariar dinheiro e voluntários pela Internet.   Segundo a CNN, a missão de Steele complica-se ainda mais se levada em conta uma divisão dentro da própria legenda sobre os rumos a tomar - alguns membros do partido querem que o novo presidente implemente mudanças para ganhar eleitores frustrados com os republicanos, enquanto outros defendem que deve-se reforçar os princípios básicos da legenda, como os baixos impostos. O Partido Democrata elegeu o seu primeiro presidente negro, Ron Brown, em 1989.  

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPartido Republicano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.