Pelo menos 12 pessoas ficam feridas em tiroteio em Nova Orleans

WASHINGTON - Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas neste domingo em Nova Orleans (Louisiana, EUA) em um tiroteio durante o desfile pelo Dia das Mães, perpetrado aparentemente por três sujeitos, segundo dados preliminares da polícia fornecidos por meios de imprensa locais.

Efe,

12 de maio de 2013 | 20h35

O jornal "Times Picayune" informou que o tiroteio ocorreu no cruzamento das ruas Frenchmen e North Villere por volta das 14h (16h em Brasília) e deixou pelo menos 12 pessoas feridas, incluindo uma meninas de 10 anos, segundo dados da polícia de Nova Orleans. Um repórter do jornal que estava na área disse que escutou entre seis e sete disparos.

O superintendente da polícia de Nova Orleans, Ronald Serpas, indicou que, além dos 12 feridos por bala, pelo menos uma pessoa sofreu ferimentos ao cair no chão durante o caos.

Serpas acrescentou que entre três e quatro pessoas tiveram que passar por cirurgia, mas disse desconhecer o estado de saúde da vítimas, sustentou o jornal.

Segundo Serpas, entre 300 e 400 pessoas participavam do desfile, incluindo umas 200 na área onde ocorreu o tiroteio, e as autoridades viram três suspeitos fugir da cena do crime.

Cerca de dez policiais estavam vigiando o desfile quando ocorreu o tiroteio e, segundo disse Serpas, é provável que os três suspeitos trabalharam juntos e que pelo menos duas armas foram utilizadas.

Por sua vez, o canal de televisão local "WWL-TV" disse que nove pessoas foram transferidas a um hospital universitário na cidade, incluindo a que sofreu a queda. Três das vítimas se encontram em condição crítica.

O canal também indicou que acredita-se que três pessoas estiveram implicadas e que fugiram após os fatos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.