Pentágono adia apresentação de bomba capaz de destruir bunkers

Uma bomba capaz de destruir bunkers com poder explosivo 10 vezes superior à anterior será apresentada pelos Estados Unidos em dezembro de 2010, seis meses mais tarde que a data previamente programada, informou à Reuters o Departamento de Defesa do país nesta sexta-feira.

REUTERS

18 de dezembro de 2009 | 23h00

O novo calendário para a implantação pode ajudar os Estados Unidos e outros países a reformular suas posições em relação aos longos impasses nucleares com o Irã e a Coreia do Norte.

Guiada com precisão, a Arma de Penetração Massiva (MOP, na sigla em inglês) de 30 toneladas é projetada para destruir potenciais alvos, como instalações nucleares profundamente escondidas que estão fora do alcance das bombas existentes.

"Atrasos no financiamento e melhorias para o teste programado empurraram a data de apresentação para dezembro de 2010", afirmou por e-mail a porta-voz do departamento Tara Rigler.

(Reportagem de Jim Wolf)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPENTAGONOBOMBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.