Pentágono diz que jatos iranianos atacaram avião não-tripulado dos EUA

Aeronave estava em espaço aéreo internacional; Irã foi advertido de que voos de vigilância continuarão na região

Reuters

08 de novembro de 2012 | 18h33

WASHINGTON - Aviões de guerra iranianos dispararam múltiplas vezes contra um avião não-tripulado dos Estados Unidos em espaço aéreo internacional sobre o golfo na semana passada, mas a aeronave não sofreu danos e voltou em segurança à sua base, afirmou o porta-voz do Pentágono, George Little, na quinta-feira.

O presidente norte-americano, Barack Obama, e o secretário de Defesa, Leon Panetta, foram avisados sobre o incidente, que aconteceu em 1 de novembro. O Irã foi então advertido de que os Estados Unidos continuarão conduzindo voos de vigilância na região e que o Exército irá proteger seus aparatos.

Tudo o que sabemos sobre:
Droneavião não-tripuladoEUAIrã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.