NYT
NYT

Pesquisa mostra Obama e Romney empatados a dois dias das eleições

Candidatos têm 48% das intenções de voto, segundo levantamento do 'Washington Post' e ABC News

Rennan Carreira, Agência Estado

04 de novembro de 2012 | 12h37

SÃO PAULO - A 48 horas da eleição nos Estados Unidos, o presidente e candidato à reeleição, democrata Barack Obama, e seu rival republicano, o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney, estão empatados com 48% das intenções de voto cada um, de acordo com pesquisa do Washington Post e ABC News divulgada neste domingo. Entre os eleitores independentes, que podem definir a votação, ambos os candidatos têm 46%.

Segundo o levantamento, quase metade dos americanos disse que a resposta de Obama à passagem do furacão Sandy pela costa leste dos EUA terá peso em seu voto. Uma sondagem anterior apontou que 79% classificaram a atuação do presidente como boa ou excelente.

De acordo com o Post, outro fator que pode pesar na eleição é o último relatório de emprego (payroll). Segundo o Departamento do Trabalho, a economia americana criou 171 mil vagas de emprego em outubro, em termos sazonalmente ajustados, acima da previsão, de alta 125 mil. A taxa de desemprego, no entanto, subiu de 7,8% em setembro para 7,9% em outubro.

Apesar do empate nas intenções de voto, Obama ainda tem vantagem na disputa. Segundo o jornal americano, Obama iniciou a corrida pela Casa Branca com o apoio de 18 Estados mais a capital, totalizando 237 votos no Colégio Eleitoral, que define o vencedor. Romney tem o apoio de 23 Estados, somando 191 votos eleitorais. Romney deve vencer na Carolina do Norte e Obama, em Nevada. Com isso, o presidente teria 243 votos contra 206 do ex-governador de Massachusetts.

"Supondo que os Estados vão votar dessa forma, o presidente precisaria de apenas 27 dos 89 votos eleitorais restantes para vencer. Já Romney teria de conquistar 64 dos 89", afirma o Post.

Outra pesquisa, do Wall Street Journal e NBC News, divulgada também neste domingo, mostra pequena vantagem de Obama sobre Romney. O presidente e candidato à reeleição tem 48% das intenções de voto, contra 47% do ex-governador de Massachusetts.

Segundo esse levantamento, Obama lidera entre as mulheres (51% contra 43%), mas perde entre os homens (44% contra 51%). A sondagem, com margem de erro de 2,55 pontos porcentuais para mais ou para menos, ouviu 1.475 prováveis eleitores em todo o país.

O democrata conquistou alto porcentual nessa pesquisa devido ao modo como lidou com a passagem do furacão Sandy pela costa leste dos EUA. Sete em cada dez eleitores aprovaram a resposta de Obama à tormenta, na comparação com 15% que desaprovaram. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições nos EUAObamaRomneypesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.