Polígamo cúmplice de estupro é condenado nos EUA

Líder de seita religiosa, Warren Jeffs deve cumprir 10 anos de prisão por forçar adolescente a se casar

Efe,

21 de novembro de 2007 | 09h53

O polígamo Warren Jeffs, autoproclamado profeta de uma seita religiosa do sudoeste dos Estados Unidos e declarado cúmplice no estupro de uma adolescente em 2001, foi condenado nesta terça-feira a 10 anos de prisão, anunciou a rede de televisão americana CNN. Wally Bugden, advogado de Jeffs, disse que vai apelar da Sentença. Jeffs, de 51 anos, líder da Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (IFSUD), foi acusado de usar sua influência religiosa para promover um casamento entre uma adolescente de 14 anos e seu primo de 19. Inicialmente a CNN informou que Jeffs passaria cinco anos na prisão. Depois, explicou que, por ter sido condenado por duas acusações de cumplicidade, deveria cumprir cinco anos de pena por cada um, de maneira consecutiva. Além da condenação a 10 anos de prisão, Jeffs deverá pagar uma multa de US$ 38 mil, segundo o veredicto do juiz James Shumate. A jovem, Elissa Wall, testemunhou que tinha dito a Jeffs repetidamente que não queria se casar e que se incomodava com as relações sexuais com seu marido, Allen Steed. O religioso casou Wall e Steed em 2001, num motel próximo a Las Vegas, em Nevada, um lugar onde se realizaram vários casamentos de fiéis da IFSUD. "Warren Jeffs pediu que eles se multiplicassem e voltassem a encher o planeta, e por isso é cúmplice de estupro", disse durante o julgamento o promotor Brock Belnap. Há duas semanas, o juiz divulgou documentos judiciais nos quais Jeffs admitia a seus mais fiéis seguidores que Deus o considerava "mau", pelos atos "imorais" que tinha cometido. Em conversas telefônicas, Jeffs admitiu que, desde os 20 anos, não voltou a exercer o sacerdócio dentro de sua igreja. Ele confessou que manteve atitudes imorais com uma de suas irmãs e uma de suas filhas. A IFSUD, principal grupo religioso polígamo do país, é uma dissidência da Igreja dos Santos dos Últimos Dias (mórmons tradicionais), concentrada num enclave entre Utah e Arizona.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAestuproWarren Jeffs

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.