Pré-candidato republicano Giuliani é internado nos EUA

Ex-prefeito de NY tem sintomas de gripe; ele é favorito nas pesquisas para representar o partido

REUTERS

20 de dezembro de 2007 | 10h26

O pré-candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos Rudolph Giuliani interrompeu sua campanha e se internou em um hospital do Missouri com sintomas de gripe, segundo relatos da imprensa na quinta-feira. O ex-prefeito de Nova York cancelou sua volta a essa cidade devido à doença, segundo o Los Angeles Times. Após consultar por telefone seu médico pessoal, Giuliani deu entrada no Hospital Judaico Barnes, em Saint Louis, onde deveria passara a noite em observação. Um porta-voz da campanha disse ao jornal que Giuliani apresentou sintomas de gripe durante a quarta-feira, mas manteve seus compromissos. À noite, os sintomas pioraram. Giuliani vem perdendo seu status de favorito entre os republicanos. Pesquisa NBC News/Wall Street Journal divulgada na quarta-feira mostra que ele perdeu 13 pontos percentuais desde novembro e agora está empatado com o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney na disputa interna do partido governista. O ex-prefeito, popular por sua atuação após os atentados de 11 de setembro de 2001 em Nova York, havia liderado todas as pesquisas anteriores da série NBC/Journal. Em novembro, tinha 33 por cento das intenções de voto. O processo de definição dos candidatos começa em 3 de janeiro, no "caucus" (convenção) de Iowa. A eleição presidencial será em 4 de novembro.

Tudo o que sabemos sobre:
EUARudolph Giuliani

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.