Prefeito da capital de Nova Jersey é preso por corrupção

O prefeito da cidade de Trenton, capital do Estado norte-americano de Nova Jersey, foi preso em sua casa nesta segunda-feira e indiciado por receber propina, num caso relacionado com a proposta de construção de um estacionamento em terras pertencentes ao município.

DAVE WARNER, Reuters

10 de setembro de 2012 | 18h59

O prefeito Tony Mack, seu irmão, Ralphiel Mack, e o sócio Joseph Giorgianni são acusados de aceitar 119 mil dólares de um homem que se passou por um incorporador, segundo o promotor público federal para Nova Jersey, Paul Fishman.

O irmão do prefeito e Giorgianni agiram como intermediários para o suposto incorporador e seu consultor, que estavam cooperando com as autoridades, disse Fishman em uma entrevista coletiva à imprensa em Trenton.

O negócio envolvia a venda ao incorporador de uma propriedade municipal situada a cerca de duas quadras da corte federal por uma fração de seu valor, em troca de dinheiro, disse o promotor.

Ralphiel Mack agiu como mensageiro, segundo Fishman, e Giorgianni era o homem encarregado de recolher o dinheiro sujo. Tony Mack, de 46 anos, Ralphiel Mack, de 39, e Giorgianni, de 63, receberam 54 mil dólares do suborno e ainda iriam pegar mais 65 mil dólares, disse ele.

As prisões são o último episódio nebuloso na reputação de um Estado que teve dezenas de pessoas presas em 2009, incluindo três prefeitos e vários rabinos, em uma investigação de um vasto escândalo de lavagem de dinheiro e corrupção.

Tony Mack foi preso por volta de 6h30 desta segunda-feira em sua casa na cidade de Newark. Giorgianni também foi detido e Ralphiel se entregou, disseram autoridades.

Tony Mack vem sendo acusado por críticos de nepotismo e má-administração dos recursos desde que assumiu o cargo em Trenton, em 2000, cidade de 85 mil habitantes afetada pelo crime e depressão econômica.

Todos os três apareceram perante o juiz Douglas Arpert, que concedeu a liberdade aos dois irmãos sob o pagamento de fiança de 150 mil dólares cada um. Não foi estabelecida de imediato fiança para Giorgianni, que já responde a um outro processo.

Tudo o que sabemos sobre:
EUANEWJERSEYCORRUPCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.