Presidente do Partido Democrata no Arkansas é baleado

Emissora diz que Bill Gwatney está hospitalizado em estado crítico; atirador é detido após perseguição policial

Renato Martins, Agência Estado

13 de agosto de 2008 | 15h00

A emissora de televisão THV, de Little Rock, informou que o presidente regional do Partido Democrata dos EUA no Arkansas, Bill Gwatney, foi hospitalizado em estado crítico depois de ser baleado várias vezes dentro da sede da agremiação no Estado. O atirador, descrito como um homem de cerca de 40 anos, foi perseguido pela polícia e baleado antes de ser detido.   De acordo com a emissora, uma balconista de uma floricultura situada diante da sede do Partido Democrata disse que a secretária de Gwatney entrou em sua loja por volta do meio-dia (11h em Brasília) e pediu que ela chamasse a polícia, porque um homem havia entrado na sede da agremiação e atirado várias vezes no dirigente partidário. O homem fugiu em uma caminhonete; perseguido pela polícia, ele foi baleado e preso perto da localidade de Sheridan. O motivo do ataque não foi revelado.

Tudo o que sabemos sobre:
EUATIRODEMOCRATA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.