Queda de avião em aeroporto do Kansas deixa 4 mortos e vários feridos

Queda de avião em aeroporto do Kansas deixa 4 mortos e vários feridos

Piloto do avião relatou ter perdido potência nos motores logo após a decolagem

REUTERS

30 de outubro de 2014 | 17h19

Um pequeno avião atingiu um edifício do Aeroporto Mid-Continent de Wichita, no Estado norte-americano do Kansas, na manhã desta quinta-feira, matando pelo menos quatro pessoas, ferindo cinco e desencadeando uma explosão e um incêndio, relataram autoridades.

O avião bimotor atingiu um prédio do aeroporto usado para treinamento de pilotos e pelo menos cinco pessoas foram dadas como desaparecidas, disseram autoridades.

"Eu ouvi um grande barulho alto, mas abafado. Vi fumaça e chamas, e corri", disse Lana Johnson, de 65 anos, que estava em um posto de correios perto do aeroporto quando o avião caiu.

O piloto da aeronave, identificada como um bimotor Beechcraft King Air 200, relatou ter perdido potência nos motores pouco depois de decolar do aeroporto e caiu enquanto tentava retornar, declarou a Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês).

O chefe do corpo de bombeiros, Ron Blackwell, disse que o avião pareceu atingir o topo do edifício, o que provocou um fogo intenso.

“Os bombeiros enfrentaram uma luta terrível com o fogo durante vários minutos, e agora temos o incêndio sob controle”, disse Blackwell.

Imagens da televisão mostraram uma fumaça densa e escura saindo do prédio após o acidente. Havia mais de 100 pessoas no edifício naquele momento.

O local sofreu danos sérios, como a queda de paredes e tetos, informou o aeroporto. A Comissão Nacional de Segurança nos Transportes irá conduzir a investigação, disse a FAA.

Pelo menos quatro pessoas morreram e cinco ficaram feridas, confirmou o marechal Brad Crisp, do corpo de bombeiros local, em entrevista coletiva.

Um dos feridos estava em estado grave, um estável e três em boas condições de saúde no hospital Via Christi St. Francis, afirmou a porta-voz, Maria Loving.

Acredita-se que o piloto era a única pessoa a bordo, disse Roger Xanders, chefe da polícia e da brigada de incêndio do aeroporto.

(Reportagem adicional de Kevin Murphy, em Kansas City; e de Brendan O'Brien, em Milwaukee)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAACIDENTEAVIAOKANSAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.