Rebeldes provavelmente derrubaram avião da Malásia 'por engano', dizem EUA

Autoridades de inteligência dos Estados Unidos disseram nesta terça-feira que acreditam que os separatistas pró-Rússia provavelmente derrubaram o avião da Malaysia Airlines "por engano".

REUTERS

22 Julho 2014 | 18h40

A queda na semana passada da aeronave, que operava o voo MH17, matou todas as 298 pessoas a bordo, aprofundando acentuadamente a crise ucraniana.

Homens armados separatistas no leste da Ucrânia, uma região onde a maioria da população fala russo, têm combatido forças do governo desde que manifestantes pró-Ocidente em Kiev derrubaram o presidente aliado de Moscou e a Rússia anexou a Crimeia em março.

(Reportagem de Mark Hosenball)

Mais conteúdo sobre:
EUA AVIAO UCRANIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.