Relatos de que armas do Irã chegam ao Taliban preocupam EUA

Os Estados Unidos estão preocupados cominformações de que armas fabricadas no Irã estão cruzando afronteira do Afeganistão e chegando às mãos de insurgentes damilícia Taliban, afirmou na terça-feira um importante diplomatanorte-americano. Nos anos 1990, o Irã apoiou grupos afegãos que combatiam oTaliban e tiveram importante papel na queda do governo sunitado Taliban, derrubado pela invasão dos EUA em 2001, ao ajudarorganizações rivais. O Irã, xiita, repetidamente negou acusações de autoridadesdos EUA de que estaria armando um cada vez mais forte Taliban,agora ativo em áreas do sul e leste do país, perto da fronteiracom o Paquistão. "Estamos preocupados com os relatos, os quais consideramosconfiáveis", afirmou o vice-secretário de Estado JohnNegroponte, em visita a Cabul. Ele não deu mais detalhes sobre o assunto. Assim como o governo iraniano, o Taliban também negou asacusações dos EUA de que teria armas do Irã, e o presidenteafegão, Hamid Karzai, classificou as relações com o país comoboas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.