Renda de Obama caiu em ano eleitoral, e ele pagou 18,4% de imposto

O presidente dos EUA, Barack Obama, pagou uma taxa de imposto federal de 18,4 por cento em 2012 e viu os rendimentos de seus livros best-seller cair enquanto concorria à reeleição, de acordo com declaração apresentada na sexta-feira pela Casa Branca.

Reuters

12 de abril de 2013 | 20h12

Obama e sua mulher, Michelle, declararam renda bruta ajustada de 608.611 dólares no ano passado, e pagaram 112.214 dólares em impostos. Em 2011, eles tinham recebido o valor de 789.674 dólares, e pago 162.074 em impostos.

A renda total do casal ficou em 662.076 dólares - queda de quase 22 por cento em relação aos 844.585 dólares do ano anterior.

Como presidente, Obama recebe um salário anual de 400 mil dólares. Mas, tanto em 2011 quanto em 2012, ele declarou 394,8 mil, por causa das deduções do plano de saúde, segundo a Casa Branca.

O rendimento do casal Obama relativo a outros negócios caiu fortemente, de 441.369 dólares em 2011 para 258.772 dólares no ano passado.

As vendas de livros vêm despencando desde que Obama foi eleito - em 2009, os rendimentos editoriais do presidente chegaram a 5,6 milhões de dólares.

Obama teria direito a restituição de 16.815 dólares, mas o valor já ficará aplicado como antecipação tributária.

(Reportagem de Jeff Mason, Roberta Rampton, Kevin Drawbaugh e Kim Dixon)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMARENDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.