Republicanos podem ganhar o controle da Câmara, revela pesquisa

Descontentes com o elevado desemprego, os norte-americanos estão dispostos a tirar dos democratas o controle da Câmara dos Representantes nas eleições legislativas de 2 de novembro, revelou uma nova pesquisa Reuters-Ipsos divulgada nesta quarta-feira.

REUTERS

13 de outubro de 2010 | 15h48

O levantamento nacional constatou que 48 por cento dos norte-americanos planejam votar em candidatos republicanos e 44 por cento, em democratas para a Câmara dos Representantes. Os republicanos também obterão bons resultados no Senado.

O pesquisador Cliff Young, da Ipsos, disse que os resultados mostram que os republicanos conquistariam 227 cadeiras na Câmara e os democratas, 208.

A pesquisa indica que os democratas manteriam o controle do Senado, ficando com 52 cadeiras e os republicanos com as restantes 48 -- uma vantagem menor do que a que possuem agora, disse Young.

A taxa de aprovação de Obama caiu de 47 por cento no mês passado para 43 por cento. No total, 53 por cento dos norte-americanos consultados desaprovam o modo como ele está conduzindo o país, segundo a pesquisa.

Esses foram os piores resultados para Obama desde que ele assumiu a Presidência, em janeiro de 2009.

A pesquisa ouviu 1.038 eleitores registrados e foi realizada entre 7 e 11 de outubro.

(Reportagem de Steve Holland, Simon Denyer e Alistair Bell)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAREPUBLICANOSPESQUISA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.