Resgate tenta salvar 41 baleias encalhadas na Flórida

Uma flotilha destinada a tentar salvar 41 baleias encalhadas na Flórida seguiu para Everglades nesta quinta-feira, apesar das expectativas pequenas de sobrevivência dos animais.

Reuters

05 de dezembro de 2013 | 14h06

Dez baleias piloto morreram desde que pescadores descobriram os animais numa área remota do Parque Nacional de Everglades, ao longo do Golfo do México na terça-feira.

As baleias que permaneceram no local seguem nadando em águas rasas perto da costa, resistindo aos esforços para levá-las a águas profundas.

A Administração Nacional Oceanográfica e Atmosférica (Noaa, na sigla em inglês) informou que 31 pessoas em 15 botes seguiram para o local nesta quinta para retomar os esforços de resgate que foram suspensos à noite.

As baleias piloto, uma espécie de águas profundas, vivem em grupos coesos e não deixam membros doentes ou em sofrimento para trás.

Segundo biólogos, os índices de sobrevivência para esse tipo de encalhe são baixos.

"A maioria do encalhes de baleias em massa não tem um final feliz", alertou a Noaa no Twitter.

(Reportagem de Jane Sutton)

Tudo o que sabemos sobre:
EUABALEIASENCALHADAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.