Rice chama a Rússia de criminosa no conflito com Geórgia

Os Estados Unidos acusaram a Rússia,nesta terça-feira, de ter civis como alvo em seu conflito com aGeórgia e disseram que Moscou quer sufocar Tbilisi. "Está se tornando mais e mais o criminoso neste conflito",disse a secretária de Estado Condolezza Rice sobre a Rússia emuma entrevista ao CBS Evening News. "Eles pretendiam, e provavelmente ainda pretendem,estrangular a Geórgia e sua economia", disse Rice à CBS ementrevista de Bruxelas, onde ela participa de um encontro naOtan sobre a crise. Rice disse que a Rússia usou sua força esmagadora paraderrotar um vizinho pequeno e ex-república soviética. "Bom, isso é o que eles têm feito -- cruel destruição dainfra-estrutura civil, informes de uso de munições que jamaisdeveriam ser usadas contra civis, o assédio nas auto-estradascontra viajantes legítimos, o fechamento do Porto de Poti queagora começa a afetar Estados vizinhos", disse a secretária deEstado. "Não vejo isso como um bom quadro para os objetivosestratégicos da Rússia." O conflito entre a Geórgia e a Rússia irrompeu quando aGeórgia tentou retomar o controle da região separatista daOssétia do Sul, pró-Rússia, em 7 de agosto. A Rússia respondeucom um massivo contra-ataque que subjugou as tropas georgianas. (Reportagem adicional de Andrew Gray, Randall Mikkelsen,Toby Zakaria e David Lawder)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.