Rice visitará Brasil e Chile na semana que vem

A secretária norte-americana deEstado, Condoleezza Rice, visitará o Brasil e o Chile napróxima semana, informou um assessor dela nesta quinta-feira. Aviagem poderá ser ofuscada pela crise desatada pelo bombardeiocolombiano a uma base de guerrilheiros em território doEquador. O porta-voz do Departamento de Estado Tom Casey disse que aviagem de Condoleezza, entre os dias 13 e 15, terá duas paradasno Brasil: Brasília e Salvador. Ela também visitará a capital chilena, Santiago. Casey disse que Condoleeza vai concentrar-se em assuntosbilaterais e regionais, incluindo cooperação em biocombustíveiscom o Brasil e comércio com o Chile. Ele disse não esperar quea disputa entre Colômbia e Equador domine a viagem, que jáhavia sido agendada antes do início do conflito. A crise estourou no sábado, quando a Colômbia realizou umbombardeio no Equador que matou um dirigente das Forças ArmadasRevolucionárias da Colômbia (Farc). Equador, Venezuela e Nicarágua romperam relaçõesdiplomáticas com a Colômbia por causa do incidente. Os Estados Unidos fizeram um chamado por uma soluçãonegociada para a crise, que contrapõe Equador e Venezuela,membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo(Opep) à Colômbia, país que recebe bilhões de dólares em ajudamilitar norte-americana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.