Romney lidera pesquisas a 48 horas de primária em Iowa

Os pré-candidatos do Partido Republicano à Casa Branca intensificaram neste domingo a campanha em Iowa, a dois dias das primárias no Estado. Uma boa performance de Mitt Romney, líder nas pesquisas, pode abrir o caminho para a sua indicação como candidato republicano nas eleições presidenciais deste ano.

BY JOHN WHITESIDES, REUTERS

01 de janeiro de 2012 | 19h25

Romney tem pequena vantagem sobre Ron Paul nas pesquisas. Essa será a primeira disputa na batalha estado por estado para ser o republicano que vai concorrer contra o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em 2012.

Mesmo um segundo lugar com um bom desempenho será bom para o ex-governador de Massachusetts, já que Paul não deve ser capaz de concorrer com ele nas primárias de outros Estados.

A campanha de Romney não havia sido intensa em Iowa até os últimos dias. Neste domingo, ele ganhou o apoio de um jornal local, que elogiou o seu passado na iniciativa privada e disse que ele é o que tem mais chances de vencer Obama.

"Não queremos ver o presidente com um desafio fraco em 2012", disse o jornal. "Romney é o candidato dessas prévias com maior potencial para desafiar o presidente."

A pré-candidata Michele Bachmann, que pode encerrar a campanha se tiver um desempenho ruim em Iowa, foi à igreja atrás do voto cristão conservador, que deve se dividir entre ela, Rick Santorum, Rick Perry e Newt Gingrich.

Bachmann está em último lugar nas pesquisas.

"Não pensem nem por um momento que a sua adversidade não pode ser superada", disse Bachmann, em discurso com referências bíblicas.

Santorum passou Newt Gingrich e está em terceiro lugar nas pesquisas.

Perry, governador do Texas, disse numa entrevista na TV que o seu foco não é ganhar os votos dos evangélicos, apesar de sua propaganda na TV ser dirigida exatamente a esse grupo.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPRIMARIASIOWA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.