SAIBA MAIS-Novo plano dos EUA para combate à Aids

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deve divulgar nesta terça-feira um novo plano para combater a Aids no país, com foco no corte de índices de transmissão e ampliação do tratamento.

REUTERS

13 de julho de 2010 | 11h56

Seguem alguns detalhes do plano, divulgados pela Casa Branca:

* Reduzir o número de novas infecções anuais em 25 por cento de 56 mil para 42,224 até 2015

* Reduzir a transmissão do HIV em 30 por cento, de 5 novas infecções para cada 100 pessoas com HIV para 3,5 novas infecções para cada 100 infecções existentes.

* Até 2015, garantir que 90 por cento dos infectados saibam disso, aumento dos atuais 79 por cento.

* Fazer com que 85 por cento de novos pacientes diagnosticados com HIV compareçam a uma clínica ou a um médico num prazo de três meses, aumento de 65 por cento até 2015.

* Aumentar em 20 por cento a proporção de homens que têm relações sexuais com outros homens, negros e hispânicos que recebem tratamento com drogas para suprimir o vírus a índices indetectáveis.

* O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA estima que 1,1 milhão de pessoas nos Estados Unidos estão infectados com o HIV. Segundo a ONU, 33 milhões de pessoas no mundo estão infectadas.

* Não existe cura ou vacina, mas coquetéis de drogas chamado de terapia de antiretrovirais altamente ativo podem controlar o vírus. Um tratamento anual custa aproximadamente 25 mil dólares nos Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMAAIDS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.