Sarah Palin vai renunciar ao governo do Alasca

A governadora do Alasca, Sarah Palin, anunciou na sexta-feira que vai renunciar ao cargo este mês e não vai se candidatar à reeleição.

REUTERS

03 de julho de 2009 | 17h56

"Não buscarei a reeleição", disse Palin em coletiva de imprensa, na qual revelou que vai transferir o governo do Estado ao vice Sean Parnell.

Palin foi a candidata a vice-presidente na chapa do candidato republicano John McCain no ano passado e injetou ânimo novo na base conservadora do partido. Correm especulações de que ela pode buscar tornar-se a candidata presidencial do Partido Republicano em 2012.

"Sabemos que podemos realizar mudanças eficazes fora do governo neste momento", disse ela.

Palin disse que sua decisão foi tomada após "muita oração e reflexão". Ela disse que não quer perder tempo com "esportes de sangue políticos" e citou as críticas públicas feitas a suas ações e sua família desde a campanha de 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPALINRENUNCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.