Senado dos EUA aprova ampliação de corte de impostos em salários

O Senado dos Estados Unidos decidiu neste sábado ampliar um corte de impostos sobre os salários por mais dois meses, e também tenta forçar o presidente Barack Obama a aprovar a construção de um oleoduto.

REUTERS

17 de dezembro de 2011 | 13h15

A legislação foi aprovada por grande maioria de votos, e espera-se que seja votado pela Câmara dos Deputados na próxima semana, e se aprovado, será encaminhado ao presidente Obama para sua assinatura.

A medida também ampliaria benefícios a longo prazo para desempregados por mais dois meses.

O Senado deve votar ainda nesta sábado um projeto de 915 bilhões de dólares para manter as agências governamentais norte-americanas operando até o próximo mês de setembro. Obama também deverá aprovar esse projeto rapidamente.

A extensão do corte de impostos nas folhas de pagamento possui uma disposição que muitos democratas, incluindo Obama, foram contra. Ela tenta acelerar a aprovação da construção de oleoduto do Canadá ao Golfo do México.

(Por Richard Cowan)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIMPOSTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.