Senado dos EUA confirma indicado de Obama para vice do Tesouro

O Senado dos Estados Unidos confirmou na segunda-feira Neal Wolin para o cargo de vice-secretário do Tesouro, dando a este departamento um funcionário de alto escalão em um momento em que o órgão tenta ajudar a tirar o país de uma profunda recessão e consertar o sistema bancário.

REUTERS

18 de maio de 2009 | 22h06

Wolin, cuja indicação foi aprovada por unanimidade, foi conselheiro geral do Tesouro entre 1999 e 2001.

Antes de sua indicação pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, Wolin atuou como vice-conselheiro econômico para a Casa Branca.

O secretário do Tesouro, Timothy Geithner, combateu a crise econômica global inicialmente com um pequeno círculo de assessores e algumas poucas pessoas confirmadas em postos-chave. Ele tem, no entanto, conseguido preencher os cargos do departamento gradualmente.

"Essas coisas sempre levam mais tempo do que você espera", disse Geithner nesta segunda-feira. "Se você olha para o arco de confirmações neste governo, estamos acima da curva em algumas áreas, estamos um pouco atrasados em ourtras áreas."

(Reportagem de Jeremy Pelofsky e Timothy Ahmann)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAVICETESOURO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.