Senador liberal dos EUA diz que avalia concorrer à Presidência em 2016

Bernie Sanders, um dos liberais líderes do Senado dos Estados Unidos, disse neste domingo que está pensando em concorrer à Presidência do país em 2016, em um movimento que poderia complicar o caminho da democrata Hillary Clinton à Casa Branca.

REUTERS

14 de setembro de 2014 | 15h43

Sanders, um independente de Vermont, pode representar um desafio para Hillary, amplamente vista como a favorita para a nomeação presidencial democrata.

Ela ainda não disse oficialmente, mas tem agido muito como candidata.

"Estou pensando em concorrer à presidência", disse Sanders, ao programa da NBC "Meet the Press".

Sanders está cumprindo seu segundo mandato de seis anos no Senado.

Ele está sondando Iowa, um Estado que detém uma importante posição no início do processo de nomeação.

(Reportagem de Will Dunham)

Mais conteúdo sobre:
EUASENADORPRESIDENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.