Sobe para 39 número de mortes de deslizamento de terra em Washington

O saldo oficial de mortes do deslizamento de terra que devastou uma vizinhança nas colinas de Cascade, no Estado de Washington, no mês passado subiu para 39 nesta quarta-feira, depois que equipes de busca retiraram mais dois corpos da lama e dos destroços, informaram autoridades do condado em um comunicado.

Reuters

16 de abril de 2014 | 19h32

A encosta de uma colina encharcada pela chuva desmoronou em 22 de março, desencadeando uma torrente de lama que entupiu o rio, engoliu um trecho de uma rodovia estadual e esmagou cerca de três dúzias de lares nas cercanias da pequena comunidade de Oso, 89 quilômetros a nordeste de Seattle.

Entre os 39 mortos confirmados, 36 foram reconhecidos, disseram as autoridades do condado de Snohomish no comunicado. O saldo de mortes era de 37 até a terça-feira.

Vinte dos mortos são homens e 16 são mulheres, e as idades variam dos quatro meses de Sanoah Huestis, que morreu com sua avó, a Bonnie Gullikson, de 91 anos, cujo marido está entre os que escaparam do desastre com ferimentos.

Todas as vítimas morreram de ferimentos múltiplos causados por golpes violentos, de acordo com o instituto médico legal do condado de Snohomish.

As equipes de salvamento ainda buscam outras sete pessoas oficialmente dadas como desaparecidas.

(Por Jonathan Kaminsky)

Tudo o que sabemos sobre:
EUADESLIZAMENTOMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.