Soldados canadenses prendem fabricantes de bombas no Afeganistão

Soldados canadenses no sul doAfeganistão prenderam vários fabricantes de bombas em uma sériede operações durante o mês passado, disse uma autoridademilitar de alta patente. O general Michel Gauthier, que comanda todas as tropas doCanadá no estrangeiro, disse que os membros do Taliban seguemsendo uma ameaça substancial no sul do país. Ele prevê algumas "dificuldades" antes do final datemporada de combate deste ano com a chegada do inverno. A maioria dos 70 soldados canadenses que foram mortos noAfeganistão desde 2002 foi vítima de explosões provocadas porbombas ou minas, também conhecidas como "aparatos explosivosimprovisados" (AEI, na sigla em inglês), plantados pormilicianos do Taliban. Gauthier afirmou que os fabricantes de bombas foram presosem operações realizadas com forças afegãs. Ele se recusou a dardetalhes. O Canadá tem 2.500 soldados na cidade de Kandahar, aosul do Afeganistão, em uma missão que deve terminar emfevereiro de 2009. (Por David Ljunggren)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.