Subsecretário de estado dos EUA visita o Paquistão nesta semana

Negroponte só visitará Islamabad e não deve se reunir com a ex-primeira-ministra Benazir Bhutto

Efe,

14 de novembro de 2007 | 01h29

John Negroponte, o segundo nome na hierarquia do Departamento de Estado americano, visitará o Paquistão no fim desta semana para pedir ao presidente Pervez Musharraf que suspenda o estado de emergência e realize eleições. Segundo o porta-voz do órgão, Tom Casey, por enquanto não se sabe se Negroponte será recebido por Musharraf para uma reunião. "Continuamos querendo eleições transparentes, livres e justas, e o fim do estado de exceção", disse Casey. No domingo, Musharraf prometeu convocar eleições até 9 de janeiro, mas não esclareceu se antes disso suspenderá o estado de exceção. Em princípio, Negroponte só visitará Islamabad. Segundo Casey, ele não deve se encontrar com a ex-primeira-ministra paquistanesa Benazir Bhutto. Ela está confinada em uma casa em Lahore, no leste do país. A secretária de Estado, Condoleezza Rice, insistiu nesta terça-feira que o mais importante agora no Paquistão é que o presidente suspenda o estado de exceção "para que se possa recuperar algo parecido com a normalidade". "Claramente algumas coisas têm que mudar antes das eleições", disse Rice.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.