Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Sudanesa condenada por conversão ao cristianismo chega aos EUA

Uma mulher sudanesa que foi condenada à morte por se converter do islamismo ao cristianismo, e que foi detida depois que a condenação foi anulada, chegou aos Estados Unidos nesta quinta-feira.

REUTERS

31 de julho de 2014 | 21h15

Mariam Yahya Ibrahim, de 27 anos, deve chegar na quinta-feira à noite a Manchester, em New Hampshire, onde tem parentes, disse o cunhado dela, Gabriel Wani, em uma entrevista por telefone.

"Estou muito feliz", disse Wani enquanto esperava Ibrahim no aeroporto de Manchester. "Eu estive esperando por isso por um longo tempo."

Desde que deixou o Sudão depois que sua condenação e detenção desencadearam indignação internacional, Ibrahim estava em Roma, onde se encontrou com o papa Francisco, juntamente com seu marido e dois filhos.

Ela chegou aos EUA no Aeroporto Internacional da Filadélfia, onde se reuniu brevemente com o prefeito daquela cidade, Michael Nutter.

"Está muito claro que ela é uma mulher extremamente forte", Nutter disse a repórteres depois de cumprimentar a sudanesa. "Ibrahim é uma combatente pela liberdade do mundo."

(Por Scott Malone)

Tudo o que sabemos sobre:
EUASUDANESACHEGA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.