Suposto atirador de escola em Connecticut matou a mãe em tiroteio, diz jornal

O suposto atirador que abriu fogo em uma escola primária em Connecticut nesta sexta-feira matou a sua mãe, que era professora no local, antes de disparar contra os alunos da classe dela e outros adultos, afirmou o jornal New York Times.

Reuters

14 de dezembro de 2012 | 18h26

O suposto atirador abriu fogo na sala de aula onde sua mãe lecionava na escola primária Sandy Hook em Newtown, no Estado norte-americano de Connecticut, matando a mãe e 18 alunos na sala, disse o Times.

Ele também matou outros sete adultos antes de se matar, acrescentou o Times.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAATIRADORMAE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.