Tempestade de inverno atrasa vôos na Califórnia

Neve prejudica o trânsito nas estradas; ventos alcançam velocidade de furação e derrubam árvores

Efe,

05 de janeiro de 2008 | 17h46

Uma tempestade de inverno, que atrasou dezenas de vôos e interrompeu o trânsito em estradas importantes da Califórnia, encheu de neve a chamada Sierra Nevada e trouxe ventos e chuvas que causaram deslizamentos de terra. Os maiores problemas ocorreram no norte do Estado, onde 105 postes da rede elétrica e 65 quilômetros de linhas foram danificados, o que deixou 1,3 milhão de lares e comércios sem eletricidade desde a manhã da sexta-feira. As chuvas forçaram a retirada de cerca de 4 mil moradores de Orange County, por causa da possibilidade de deslizamentos de terra, e as autoridades emitiram advertências de inundações nos condados de Los Angeles e Ventura. Os ventos alcançaram durante a noite quase 130 km/h que derrubou árvores sobre casas, automóveis e ruas, e causou blecautes desde a baía de San Francisco até o Vale Central. Os meteorologistas indicaram que são esperadas chuvas de entre 50 e 100 milímetros no litoral da Califórnia e nos vales de Los Angeles, e de entre 100 e 200 milímetros nas montanhas. Algumas áreas montanhosas poderiam receber até 250 milímetros e nas regiões a mais de 2.100 metros sobre o nível do mar a precipitação de neve poderia alcançar 300 milímetros.

Tudo o que sabemos sobre:
TempestadeneveEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.