Tempestade Sandy prejudica telecomunicações no Nordeste dos EUA

A falta de energia e as enchentes causadas pela tempestade Sandy prejudicaram os serviços de telecomunicações dos Estados Unidos nesta terça-feira e a cobertura estava fraca para celulares, telefones residenciais e serviços de Internet nos Estados do Nordeste.

SINEAD CAREW, Reuters

30 de outubro de 2012 | 14h13

A Verizon Communications disse nas primeiras horas desta terça-feira que o seu serviço de telefonia fixa estava sofrendo depois que as inundações em seus escritórios centrais em Manhattan afetaram seus geradores de back-up e baterias.

A empresa disse que seus engenheiros estavam no local durante a noite e começaram a avaliar os danos.

"A Verizon está descobrindo que muitos postes e linhas de energia/cabos da Verizon caíram em toda a região devido aos ventos fortes e queda de árvores", disse a empresa em um comunicado.

A Sprint Nextel, a terceira maior operadora de celular dos EUA, informou que estava vendo interrupções de sinais em alguns locais por causa das quedas de energia em todos os Estados na passagem da Sandy, incluindo Nova York, Nova Jersey, Connecticut, Pennsylvania, Washington DC, Maryland, Norte da Virgínia e Nova Inglaterra.

As pessoas queixaram-se de interrupções em seus serviços de telefone a cabo, Internet, e televisão de fornecedores que vão desde a Comcast Corp, até a Cablevision Systems Corp e a Verizon, em Nova Jersey, Connecticut, e Nova York.

A Cablevision disse que estava passando por interrupções de serviço generalizadas, principalmente relacionadas à falta de energia. A Comcast não fez nenhum comentário imediato.

O serviço de celular também parecia instável para outros fornecedores como AT&T Inc e T-Mobile USA, unidade da Deutsche Telekom, de acordo com alguns clientes.

A AT&T se recusou a comentar se estava tendo problemas de rede, mas disse que "continuará a monitorar" suas redes com e sem fio.

"Assim que tivermos uma noção clara do que está acontecendo e onde, nós vamos comunicar isso", disse o porta-voz Mark Siegel.

A Verizon Wireless se recusou a comentar de imediato, dizendo que está avaliando a situação. Um representante da T-Mobile USA não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

Vários clientes da Time Warner Cable no Brooklyn disseram que seus serviços de televisão, Internet e telefone pararam de funcionar na noite de segunda-feira, mas foram novamente restabelecidos na manhã desta terça-feira.

Milhões de pessoas no leste dos Estados Unidos despertaram nesta terça-feira vendo casas inundadas, árvores caídas e falta de energia generalizada, tudo causado pela gigante tempestade Sandy, que inundou o sistema de metrô de Nova York e deixou submersas as ruas no distrito financeiro de Manhattan.

Pelo menos 15 pessoas foram mortas nos Estados Unidos pela tempestade, uma das maiores a atingir o país, que perdeu o status de furacão antes de atingir terra na noite de segunda-feira em Nova Jersey.

Tudo o que sabemos sobre:
EUASANDYTELECOM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.