Terremoto atinge Napa Valley, na Califórnia, deixando feridos

Um terremoto de 6,0 de magnitude sacudiu a área da Baía de San Francisco, nos Estados Unidos, na manhã deste domingo, ferindo seriamente duas pessoas, danificando prédios históricos, causando incêndios em algumas casas e falta de energia na região de Napa.

REUTERS

24 de agosto de 2014 | 11h43

O maior terremoto na região em 25 anos tirou muitos residentes da cama quando ocorreu às 3:20 da manhã, horário local, centrado a 10 quilômetros ao sul da cidade de Napa.

Dezenas de pessoas ficaram feridas, duas delas gravemente, segundo o governo da cidade.

Os bombeiros ainda tentavam apagar incêndios de casas móveis.

A maioria dos danos ficou centrada em torno de Napa, uma região produtora de vinhos.

Construções de alvenaria não reforçada no centro de Napa, incluindo o tribunal histórico e a biblioteca sofreram grandes danos, disseram autoridades da cidade.

"Tudo estava tremendo, as lâmpadas penduradas balançando para frente e para trás", disse Omar Lopez, 24, funcionário da noite em uma pensão em Santa Helena, a 15 minutos de Napa.

Os US Geological Survey (USGS) disse que o epicentro do terremoto foi a oito quilômetros a noroeste da cidade de American Canyon, no extremo norte da baía.

O terremoto foi o maior a atingir a área da baía de San Francisco desde o terremoto de Loma Prieto em 1989.

(Reportagem de Andrew Roche, Dan Levine e Peter Henderson)

Tudo o que sabemos sobre:
EUATERREMOTOSAOFRANCISCO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.