Tiroteio em festa de rua em Toronto deixa 2 mortos e 21 feridos

Duas pessoas morreram e outras 21 ficaram feridas no tiroteio em uma festa de rua de Toronto, na noite de segunda-feira, aumentando a preocupação com uma possível retaliação violenta na maior cidade do Canadá.

Reuters

17 de julho de 2012 | 16h11

No segundo tiroteio de grande repercussão no Canadá em menos de dois meses, uma garota de 14 anos e um homem de 23 anos morreram. A polícia afirmou que um bebê foi ferido por uma bala, mas deve se recuperar, e outra vítima permanece em estado grave.

"Estamos muito preocupados, não apenas com uma resolução rápida desse crime, mas com o potencial de violência em retaliação", disse o chefe da polícia de Toronto, Bill Blair, em uma entrevista coletiva na qual prometeu aumentar a presença da polícia.

Ele disse que há uma "forte indicação" do envolvimento de uma gangue no incidente. Duas pessoas trocaram tiros durante a festa, onde a polícia já havia respondido a reclamações sobre o barulho. Um dos feridos foi detido.

O tiroteio ocorreu no subúrbio de Scarborough, aproximadamente 20 quilômetros a leste do centro de Toronto.

(Reportagem de Allison Martell e Euan Rocha)

Mais conteúdo sobre:
CANADAVIOLENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.