Tiroteio em shopping deixa cinco mortos em Chicago

Polícia acredita que um homem seja o autor dos disparos; vítimas do atirador eram mulheres

Associated Press,

02 de fevereiro de 2008 | 18h17

Cinco pessoas morreram em um tiroteio em uma loja de roupas em Tinley Park, no subúrbio de Chicago. Segundo informações do jornal The New York Times, a loja fica em um shopping center na 191st Street e um homem teria feito os disparos. Todas seriam mulheres.   O chefe da polícia local declarou que testemunhas ligaram para a polícia e afirmaram que, por volta das 10h45 (horário local), uma pessoa efetuou disparos no loja Lane Bryant. No entanto, o sargento T.J. Grady não quis dar detalhes sobre o caso e afirmou que o atirador "fugiu pelo subúrbio" de Chicago. Os disparos teriam sido feitos durante um assalto.   Ruas próximas ao local foram isoladas pela polícia de Chicago. Uma das pessoas que estava no centro comercial no momento dos disparos afirmou que "policiais entraram armados e com coletes" para tentar encontrar o atirador.   Texto alterado às 20h19 para acréscimo de informações.

Tudo o que sabemos sobre:
Chicagotirotrio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.