Tiroteio em universidade do Arkansas deixa 2 mortos nos EUA

Testemunhas afirmam que ouviram até cinco tiros; polícia suspeita que 4 pessoas estão envolvidas no crime

Agência Estado e Associated Press,

27 de outubro de 2008 | 07h16

Tiros disparados na Universidade de Central Arkansas deixaram dois estudantes mortos e uma terceira pessoa ferida, informaram autoridades na manhã desta segunda-feira, 27. O incidente ocorreu na noite de domingo, perto do dormitório masculino da universidade.   Testemunhas afirmam que ouviram até cinco tiros. Um homem morreu no local e outro, no hospital. Um terceiro homem, que não é aluno, foi tratado e liberado pelos médicos, informou uma porta-voz policial. A polícia ainda não tinha explicação para o incidente. Segundo a porta-voz, os policiais acreditam que havia quatro envolvidos nos crimes, porém nenhum mandado de prisão havia sido expedido. A funcionária informou que o local agora está aparentemente seguro A universidade, com 12.500 alunos, cancelou as aulas desta segunda-feira.   "Esse campus é seguro. Eu nunca tinha me sentido com medo nele", disse a estudante Aprille Hanson, de 20 anos. A instituição fica em Conway, pacata cidade 42 quilômetros ao norte de Little Rock. "Todo mundo vai ficar um pouco mais tenso."   Vinte minutos após os tiros, os estudantes foram avisados por e-mail e telefone para que ficassem em seus dormitórios, com as portas trancadas. O incidente deste domingo é o segundo com armas de fogo em uma universidade do Arkansas neste ano. Em 27 de fevereiro, um homem foi ferido a tiros na Universidade de Arkansas, em Little Rock. Dois suspeitos foram acusados no caso, e a vítima sobreviveu.   Matéria atualizada às 9h20.

Tudo o que sabemos sobre:
EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.