Toma posse primeira mulher a comandar Serviço Secreto dos EUA

A primeira mulher a comandar o Serviço Secreto dos Estados Unidos, Julia Pierson, foi empossada na Casa Branca nesta quarta-feira durante uma breve cerimônia que marcou uma mudança histórica para a agência encarregada de proteger o presidente dos Estados Unidos.

Reuters

27 de março de 2013 | 18h54

O vice-presidente do país, Joe Biden, conduziu o juramento de posse de Pierson, com o presidente Barack Obama em pé ao seu lado.

"Obviamente, ela está quebrando o molde em termos de diretores da agência, e eu acho que as pessoas estão todas extraordinariamente orgulhosas dela", disse Obama a jornalistas no fim da cerimônia.

"Ela tem qualificações extraordinárias, e eu acho que um monte de pessoas que trabalharam com Julia sabem como ela é dedicada, profissional, comprometida, e acho que estão absolutamente certas de que vai prosperar neste trabalho", disse ele.

Biden, que tem fama de cometer gafes ocasionais, disse que os agentes que o protegem estavam "animados com a escolha" dela para o cargo.

O Serviço Secreto tem sido criticado por ter uma cultura insular e dominada por homens e sua reputação foi manchada por um escândalo envolvendo seus agentes e prostitutas na Colômbia, em 2012.

(Reportagem de Jeff Mason)

Mais conteúdo sobre:
EUAMULHERPOSSE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.