Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Tornados atingem EUA e matam 4 escoteiros

Um tornado atingiu um acampamento deescoteiros em Iowa, nos Estados Unidos, e derrubou uma cabanaonde vários deles abrigavam-se, matando quatro adolescentes eferindo dezenas de outros. Cerca de 100 escoteiros tentaram se proteger dentro deabrigos no Rancho Little Sioux Scout quando o tornado atingiu aárea, depois do entardecer de quarta-feira, um dos mais de 30fenômenos do tipo surgidos no Meio-Oeste norte-americanodurante a noite. "Não fomos avisados de absolutamente nada", afirmou o líderde escoteiros Thomas White, na manhã de quinta-feira. SegundoWhite, os escoteiros observavam as nuvens e uma tempestade deraios quando viram um funil formar-se no céu. Depois disso,começaram a correr. Uma cabana onde os escoteiros tentaram se abrigar ficou nocaminho do tornado. White disse em entrevistas concedidas acanais de TV que foi nessa cabana que alguns adolescentesmorreram. "Ele chegou e todas as portas abriram-se. Eu ouvi umestrondo", afirmou Rob Logsdon, 15. "As paredes, a varanda e oteto sumiram. Fui atingido nas costas por uma mesa." Os garotos mortos no acampamento foram identificados comosendo dois meninos de 13 anos de idade e um de 14 provenientesde Omaha, Nebraska, e um de 13 anos de idade vindo de EagleGrove, Iowa. Ao menos dois alertas para tornado foram divulgados emLittle Sioux antes de a tempestade formar-se, na quarta-feira ànoite. VENTOS FORTES Lloyd Roitstein, um líder de escoteiros, afirmou que osabrigos não tinham sido construídos para aguentar a força dosventos de um tornado. Ele disse que os escoteiros sabiam que otempo viraria e tentaram se preparar. Mas o tornado chegou rápido demais. Autoridades afirmaram que 94 adolescentes e 24 adultosestavam no local para uma semana de treinamento. No total, 48pessoas ficaram feridas e muitas delas estão hospitalizadas. O governador de Nebraska, Dave Heineman, que visitou olocal na quinta-feira, descreveu a cena como sendo dedevastação total. "Em certa medida, é incrível que não tenhamosregistrado um número maior de mortes." Mais de 30 tornados foram identificados na quarta-feira noKansas, em Nebraska, em Iowa e em Minnesota, alguns delesacompanhados pela precipitação de granizos do tamanho de bolasde beisebol. As tempestades somam-se a uma série de inundações queobrigaram milhares de pessoas a deixarem suas casas noMeio-Oeste norte-americano. No Kansas, os tornados mataram duas pessoas e feriramdezenas mais, além de destruírem 60 casas, disse Sharon Watson,porta-voz do centro de emergências do Estado. Um deles caiu sobre o campus da Universidade EstadualKansas, onde provocou danos calculados em 20 milhões dedólares, afirmou Tom Rawson, vice-reitor da instituição para asáreas administrativa e financeira. "Muitos danos foram provocados", disse Rawson. "Tetos foramavariados ou arrancados. As janelas de muitos prédios sequebraram." (Reportagem adicional de Carey Gillam em Kansas City)

KAY HENDERSON, REUTERS

12 de junho de 2008 | 15h31

Tudo o que sabemos sobre:
EUATORNADOSMORTOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.