Tornados matam ao menos 22 e deixam centenas feridos nos EUA

Tornados mataram pelo menos 22 pessoas,feriram centenas e deixaram um rastro de destruição emcomunidades no centro e no sudeste dos Estados Unidos no fim desemana. Autoridades afirmaram que 14 pessoas morreram em Missouri,6 em Oklahoma e 2 na Geórgia, quando as tempestades passaram dafronteira do Kansas e Oklahoma, no sábado, e na Geórgia nodomingo, destruindo casas, virando carros, bloqueando ruas,derrubando fios de força e arrancando árvores. Dez pessoas morreram em Newton County, Missouri, nafronteira com Oklahoma, de acordo com Susie Stonner, da agênciade gerenciamento de emergências. Segundo Stonner, a polícia nãodescartou encontrar mais vítimas. O caminho da destruição foi de um 1,6 quilômetro de larguraem alguns lugares, disse Jason Schaumann, um meteorologista doServiço de Meteorologia Nacional em Missouri. "Isso parece com um tornado muito grande", disse. "Nóstemos indícios de carros que foram lançados de um quarto a meiamilha de distância, e estrutura de casas que foram arrancadasde suas fundações." Os danos indicam um tornado com velocidade estimada de 219a 266 quilômetros por hora, ele disse. O presidente norte-americano, George W. Bush, ofereceu suaspreces às famílias dos que morreram e disse que em um domingoem que o país celebrava o Dia das Mães, para alguns, foi umaocasião triste. "Eu vou entrar em contato com governadores e oferecer todaa assistência federal que puder", disse Bush, antes de embarcarem um avião da Força Aérea em Waco, no Texas. (Reportagem adicional de Ben Fenwick em Oklahoma City, AnnaDriver e Erwin Seba em Houston, Jeremy Pelofsky no Texas eAndrew Stern em Chicago)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.