Uma em cada 7 pessoas serão estrangeiros nos EUA em 2020

Projeção para 2050 é que a população cresça para 438 milhões; entre imigrantes, o aumento deve ser de 82%

The New York Times,

11 de fevereiro de 2008 | 16h45

Se a tendência de imigração continuar, em duas décadas a proporção de imigrantes nos Estados Unidos irá ultrapassar o pico atingido há mais de um século atrás, concluiu uma nova pesquisa, elaborada pelo Pew Research Center, grupo de pesquisa independente.   Segundo a análise, entre 2020 e 2025, os estrangeiros serão 15% da população americana, ou um em cada 7 residentes do país. Eles representaram quase 12% da população em 2005 e cerca de 15% no final do século 19. Para 2050, a projeção é de 19% da população americana seja formada por imigrantes.   A organização estima que a população total dos EUA cresça para 438 milhões em 2050, com a população de imigrantes contabilizando um aumento de 82%, ou 117 milhões.   O índice de hispânicos nascidos fora dos EUA, que já representam quase 60% dos hispânicos que residem no país, poderá aumentar para 67% em 2050. Já entre a população asiática, em 2005, cerca de 58% nasceram fora dos EUA; esse índice, porém, deve diminuir para 47% em 2050.   Para os autores da análise, Jeffrey S. Passel and D’Vera Cohn, a pesquisa "traz um ponto de partida para o entendimento e análise dos parâmetros futuros de mudanças demográficas".

Mais conteúdo sobre:
imigração nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.