Vazamento de documentos afegãos pode causar danos graves--Gates

O vazamento sem precedentes de documentos militares secretos nesta semana sobre a guerra no Afeganistão poderá ter consequências potencialmente graves para as tropas dos Estados Unidos e seus aliados, além de custar vidas, disse nesta quinta-feira o secretário de Defesa norte-americano, Robert Gates.

REUTERS

29 de julho de 2010 | 16h57

Em resposta à divulgação das informações pela organização WikiLeaks, Gates disse ter solicitado ao FBI que colaborasse na investigação criminal e apertou o cerco contra o acesso à área de informações sigilosas para reduzir o risco de uma outra fuga de relatórios internos.

"As consequências no campo de batalha depois do vazamento desses documentos são potencialmente graves e perigosas para as nossas tropas, nossos aliados, os parceiros afegãos, e podem danificar nossas relações e reputação naquela parte importante do mundo", disse Gates.

(Reportagem de Adam Entous)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAFEGANISTAOGATES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.