Vazamento leva ex-funcionário da CIA à prisão

Um ex-funcionário da CIA deve passar dois anos e meio preso por ter revelado a identidade de um agente secreto a um jornalista. Será a primeira vez em 27 anos que alguém cumpre pena por expor um agente do serviço norte-americano de inteligência.

DAVID INGRAM, Reuters

23 de outubro de 2012 | 19h21

John Kiriakou, de 48 anos, confessou na terça-feira ter sido o autor de um email, em 2008, que identificou o agente da CIA. Ele também costumava passar outras informações sigilosas à imprensa.

Outras cinco pessoas estão sendo processadas sob suspeita de revelar identidades secretas, numa campanha agressiva do governo de Barack Obama contra vazamentos.

A juíza Leonie Brinkema disse que a pena prevista de dois anos e meio é "razoável sob as circunstâncias", já que é igual à sentença imposta ao ex-assessor presidencial I. Lewis "Scooter" Libby em 2007, num outro caso de divulgação da identidade de uma agente da CIA.

(Reportagem adicional de Tabassum Zakaria)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAVAZAMENTOCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.