Vice-prefeita de Los Angeles chefiará conselho ambiental nos EUA

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, escolheu Nancy Sutley, vice-prefeita de Los Angeles, para chefiar o Conselho de Qualidade Ambiental da Casa Branca, disse uma autoridade do Partido Democrata na quarta-feira. Sutley tem uma longa história na comunidade ambiental. Atualmente ela é vice-prefeita para energia e ambiente de Los Angeles e, ainda nesta década, fez parte do Conselho para Controle dos Recursos Hídricos do Estado da Califórnia. O Conselho de Qualidade Ambiental ganhou destaque nos últimos oito anos como a voz do governo o Bush para questões sobre política ambiental. O chefe do Conselho, James Connaughton, articulou a oposição da Casa Branca aos limites obrigatórios nas emissões de dióxido de carbono. Obama é favorável ao controle das emissões de carbono que impelem o aquecimento global. Na terça-feira, ele disse que adotará uma abordagem agressiva para combater a mudança climática quando assumir a presidência, no dia 20 de janeiro. Sutley tem um longo histórico em política ambiental. Ela trabalhou de 2003 a 2005 no Conselho para Controle dos Recursos Hídricos do Estado da Califórnia, responsável por proteger a qualidade da água e os recursos hídricos locais. Ela também foi conselheira para energia do ex-governador da Califórnia Gray Davis, lidando com questões financeiras e de regulamentação estaduais e federais, entre outras funções, e foi vice-secretária para política e relações intergovernamentais na Agência de Proteção Ambiental da Califórnia. Durante o governo Clinton, Sutley foi conselheira de políticas para a administração regional da Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA, na sigla em inglês) em São Francisco e assistente especial na sede da EPA em Washington. Estado mais populoso dos EUA, a Califórnia tem pressionado por uma maior ação ambiental na administração do governador republicano Arnold Schwarzenegger, pedindo que o governo federal aprove padrões mais rigorosos de poluição para carros e camionetes; o governo Bush negou o pedido. Los Angeles, conhecida pela cultura do carro e a poluição atmosférica, tem tomado medidas para reduzir as emissões de carbono, de acordo com Anna Soellner, do Centro para o Progresso Americano. (Reportagem de Steve Holland e Deborah Zabarenko)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.