Vice-presidente dos EUA recebe alta após problemas cardíacos

Dick Cheney tem um longo histórico de problemas cardíacos e já se submeteu a várias operações

Associated Press e Agência Estado,

27 de novembro de 2007 | 01h17

O vice-presidente dos Estados Unidos, Dick Cheney, de 66 anos, foi submetido a um tratamento de eletrochoque por causa de uma arritmia cardíaca. Cheney recebeu alta na segunda-feira do Hospital da Universidade George Washington, depois que o procedimento foi declarado um sucesso.   Cheney, que tem um histórico de problemas do coração, passou duas horas e meia no hospital depois de sentir uma arritmia pela manhã. O problema foi detectado quando o vice-presidente foi examinado por médicos por volta das 7h (horário local) na Casa Branca por causa de uma tosse prolongada provocada por uma gripe.   Cheney trabalhou durante todo o dia, acompanhando o presidente George W. Bush em reuniões com líderes do Oriente Médio. "Durante o exame, foi diagnosticado casualmente que Cheney tinha um batimento cardíaco irregular, que mais tarde foi determinado como sendo uma fibrilação atrial, uma arritmia relacionada às cavidades superiores do coração", disse a porta-voz Megan Mitchell. Cheney foi para o hospital às 17h (horário local) e liberado às 19h30.

Tudo o que sabemos sobre:
EUADick Cheney

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.