AP/arquivo
AP/arquivo

Walter Cronkite, lendário âncora da CBS, morre aos 92 anos

Conhecido como 'homem mais confiável da América', jornalista ficou quase duas décadas à frente de noticiário

AP e Reuters,

17 de julho de 2009 | 22h04

Walter Cronkite, o lendário âncora da rede CBS que chegou a ser chamado de "o homem mais confiável da América", morreu nesta sexta-feira, 17, aos 92 anos. A vice-presidente da emissora informou que Cronkite faleceu em Nova York, ao lado de sua família, após uma longa enfermidade.

 

O jornalista apresentou o programa CBS Evening News, o maios popular da emissora, entre 1962 e 1981. Durante esse período, foi responsável por noticiar, entre outros fatos, a luta pelos direitos civis nos Estados Unidos, a Guerra no Vietnã, a chega do homem à Lua e o escândalo Watergate, que derrubou o presidente Richard Nixon.

 

Foi Cronkite, por exemplo, quem leu ao vivo a notícia sobre o assassinato do presidente John F. Kennedy, em 22 de novembro de 1963, interrompendo a programação da CBS.

Tudo o que sabemos sobre:
Walter Cronkite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.