15 morrem em naufrágio de balsa de imigrantes no México

Desastre indica que os contrabandistas de imigrantes estão trocando as estradas pelo oceano

Associated Press,

20 de outubro de 2007 | 22h40

Autoridades recuperaram os corpos de 15 pessoas mortas quando um barco que transportava imigrantes virou no Oceano Pacífico, informa a Marinha mexicana. A embarcação, acredita-se, trazia mais de 20 pessoas.   A sobrevivente Noemi Martinez, 29 anos, de El Salvador, disse que o barco havia partido da Guatemala e virado na terça-feira, com mais de 20 pessoas a bordo, de acordo com o comandante regional da polícia de Oaxaca, Moises Hernandez. Autoridades identificaram o até agora único outro sobrevivente como Walter Alan, 23, anos, salvadorenho.   As buscas foram suspensas neste sábado por conta da forte chuva que cai na região. Mais cedo, um helicóptero militar vasculhou o mar, enquanto policiais varriam as praias das cidades de  San Francisco Ixhuatan e San Francisco del Mar.   O naufrágio parece ser um sinal de que os contrabandistas de imigrantes estão intensificando o uso de rotas marítimas, para escapar de patrulhas rodoviárias.

Tudo o que sabemos sobre:
méxiconaufrágioimigrantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.