Acidente com material eleitoral mata quatro em Honduras

Juiz do tribunal eleitoral local informou que tentará fazer o resgate do material eleitoral no local do acidente

Efe,

28 Novembro 2009 | 03h36

Três militares hondurenhos e um civil morreram neste sábado, 28, em um suposto acidente de um caminhão das Forças Armadas que transportava material eleitoral a uma comunidade do oriente de Honduras, informou uma fonte oficial.

Veja também:

link Eleições hondurenhas deverão formalizar golpe de Estado

especialCronologia do golpe de Estado em Honduras

"Confirmamos que um caminhão que levava o material eleitoral para Yauyupe (departamento oriental de Paraíso) saiu da estrada e caiu numa ribanceira", disse a jornalistas o magistrado do Tribunal Supremo Eleitoral, Enrique Ortez.

 

Acrescentou que no acidente morreram três militares - um oficial e dois soldados - e um agente eleitoral que lhes acompanhava. Ortez indicou que os cadáveres, que serão transferidos ao Hospital Militar em Tegucigalpa, ainda não foram identificados.

 

Agentes da Polícia e da Cruz Vermelha se mobilizam rumo ao setor do acidente, que é de difícil acesso por estrada, informaram a Rádio América fontes de ambas instituições, que enfatizaram que ainda não têm detalhes do fato.

 

Ortez disse que se tentará resgatar o material eleitoral para levá-lo à pequena comunidade de Yauyupe.

As eleições do próximo domingo em Honduras não contarão com observadores da Organização dos Estados Americanos (OEA) e da Organização das Nações Unidas (ONU).

Mais conteúdo sobre:
Honduras eleição Zelaya Micheletti

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.